Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes, Rondônia - 18 de Outubro de 2018

Siga!

Nosso RSS

Polícia Federal deflagra Operação Ciranda para combater desvios de recursos na Semed em Porto Velho

Os prejuízos dessa organização criminosa aos cofres públicos são superiores a R$ 20 milhões.

tudorondonia, 29/05/2018 15h36

Operação (Foto: Reprodução) Ampliar imagem: Operação (Foto: Reprodução)
Operação - Foto: Reprodução

Porto Velho, Rondônia - A operação da Polícia Federal foi deflagrada na manhã desta terça-feira (29) com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que fraudou licitações da Secretaria Municipal de Educação de Porto Velho (Semed) no que corresponde ao transporte escolar fluvial, e desviou recursos do Programa Nacional de Transporte Escolar (Pnate).

Na Operação Ciranda serão cumpridos 55 mandados judiciais, 10 mandados de prisão temporária, 29 de busca e apreensão e 16 de sequestro e indisponibilidade de bens. Os prejuízos dessa organização criminosa aos cofres públicos são superiores a R$ 20 milhões. Fazem parte da organização criminosa empresários e agentes públicos.

De acordo com a Polícia Federal, a investigação começou a partir de informações fornecidas pela Controladoria Geral da União (CGU-RO), onde foram apuradas fraudes, no caráter competitivo, irregularidades na execução dos contratos e superfaturamento dos preços do contrato, referentes a licitação nº 09.00010/2013, que corresponde ao serviço de transporte escolar fluvial para atender alunos da rede municipal.

Ainda de acordo com informações da Polícia Federal essa licitação foi assinada em 2014 e periodicamente renovada até fevereiro de 2018. Durante esse período estima-se que o prejuízo aos cofres públicos são superiores R$ 20 milhões. Também foi apurado que desde 2010 as empresas participantes do esquema ilícito receberam mais de R$ 100 milhões em contratos com a Prefeitura de Porto Velho.

Após serem ouvidos na Superintendência da Polícia Federal em Rondônia, os suspeitos serão encaminhados para presídios estaduais e responderão, perante a Justiça Federal, pelos crimes de organização criminosa, fraude à licitação, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

As medidas judiciais estão sendo cumpridas na Semed, nas empresas envolvidas e nas residências dos investigados. Também são cumpridos mandados em Rio Branco (AC), Manacapuru (AM) e Recife (PE).

Compartilhe está noticia:       
 
 
Enviar comentário

(A quantidade máxima é de 400 caracteres para seu comentário) Restam 400 caracteres

Ao enviar seu comentário você aceita o termo de conduta dos comentários.

 

Eventos

4º Prêmio da ARJORE - Foto: Almi Coelho

4º Prêmio da ARJORE

Prêmio da Arjore - Associação Rondoniense dos Jornais Eletrônicos
 

Últimas notícias

Enquete

Qual dos Deputados Estaduais da Cidade você reelegeria?

 

Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias
E-mail: recadao@ariquemesnoticias.com.br - contato@ariquemesnoticias.com.br voltar ao topo

 

© Copyright 2009 | 2018 - DC Comunicações Digital Política de privacidade Fale conosco  |   Anuncie conosco  |