Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes, Rondônia - 18 de Janeiro de 2018

Siga!

Nosso RSS

COM RAMPAS FLUTUANTES, PORTO PÚBLICO DE PORTO VELHO OFERECE MAIS SEGURANÇA.

A rampa flutuante torna as operações de cargas mais seguras, mesmo quando o nível do rio está baixo

Assessoria, 14/12/2017 22h04

rampa (Foto: Reprodução) Ampliar imagem: rampa (Foto: Reprodução)
rampa - Foto: Reprodução

O ministro substituto da Indústria e Comércio Exterior Marcos Jorge Lima e o governador Confúcio Moura entregaram, na manhã desta sexta-feira (14), no Porto Público de Porto Velho, uma rampa flutuante que facilitará o embarque e desembarque de carretas mesmo no período de seca no rio Madeira. O ato foi simbólico, pois outros investimentos foram realizados para tornar o porto moderno e competitivo. 

A rampa faz parte de conjunto que foi adquirido por R$ 5 milhões e está em fase de instalação. Também estão prontas para entrar em operação duas modernas balanças rodoviárias, que custaram R$ 640 mil e substituirão as existentes que estão em serviço há mais de 25 anos.

O complexo portuário da capital é composto de 18 portos de pequeno, médio e grande porte. Por eles passam em torno de 17 milhões de toneladas de produtos, sendo parte significa oriunda do agronegócio.

Segundo Francisco Leudo Buriti, presidente da Sociedade de Hidrovias e Portos do Estado de Rondônia (Soph), está em andamento um processo de modernização do setor portuário, que foi iniciado orientação do governador Confúcio Moura.

Por conta disto, foram feitas, conforme ele, adequações para tornar o porto moderno e competitivo para dar vazão às riquezas produzidas no estado. Outra inovação já implantada é o sistema digital que elimina papéis nos procedimentos administrativos. “Somos o primeiro porto 100% sem papel”, revelou.

As rampas foram construídas em Porto Velho num estaleiro que venceu concorrência nacional e utilizou mão de obra local.

A modernização é o caminho natural para participar da guerra da competitividade, avaliou o governador Confúcio Moura. Ele afirmou que a utilização da hidrovia do Madeira ainda está aquém da capacidade do rio, por sua extensão e relevância na região do Brasil Central, que inclui Rondônia.

As obras e modernização do porto, para Confúcio, configuram, ainda estímulo à produção graneleira ao assegurar que o acesso aos mercados consumidores.

Isto é, disse ele, importante passo para que o estado continue sendo respeitado externamente, o que não acontecia 15 anos atrás em razão da estrutura portuária deficiente. “É o caminho que precisa ser seguido. Manter a modernização e ser competitivos”, concluiu.

O ministro Marcos Jorge Lima assegurou que o governo federal considera a importância estratégica de Rondônia no contexto portuário e continuará fazendo investimentos na região.

Lima anunciou que no primeiro semestre de 2018 entrará em funcionamento o Portal Único de Comércio Exterior, que simplificará todo o processo de exportação ao unir, num mesmo sistema 25 órgãos intervenientes.

“Vamos economizar 40% que é gasto atualmente com burocracia”, explicou. 

COM RAMPAS FLUTUANTES, PORTO PÚBLICO DE PORTO VELHO OFERECE MAIS SEGURANÇA.

 

Tópicos: Porto
Compartilhe está noticia:       
 
 
Enviar comentário

(A quantidade máxima é de 400 caracteres para seu comentário) Restam 400 caracteres

Ao enviar seu comentário você aceita o termo de conduta dos comentários.

 

Eventos

4º Prêmio da ARJORE - Foto: Almi Coelho

4º Prêmio da ARJORE

Prêmio da Arjore - Associação Rondoniense dos Jornais Eletrônicos
 

Últimas notícias

Enquete

Qual dos Deputados Estaduais da Cidade você reelegeria?

 

Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias
E-mail: recadao@ariquemesnoticias.com.br - contato@ariquemesnoticias.com.br voltar ao topo

 

© Copyright 2009 | 2018 - DC Comunicações Digital Política de privacidade Fale conosco  |   Anuncie conosco  |