Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes, Rondônia - 26 de Abril de 2017

Siga!

Nosso RSS

Policial civil é preso durante operação contra prostituição em Rondônia

G1 RO, 14/02/2013 22h13

 (Foto: ) Ampliar imagem:  (Foto: )
Foto:


Um policial civil de Ariquemes (RO) foi preso suspeito de estupro de um menor de idade nesta quinta-feira (14) . A prisão ocorreu durante a operação Afrodite, que visa combater prostituição, estupro de vulnerável (menor de 14 anos) e exploração sexual infantil nos municípios de Buritis, Jaru, Machadinho do Oeste e Monte Negro e Ariquemes. No total, 19 pessoas foram presas, duas foram autuadas em flagrante e três através de mandado de prisão. Duas pessoas estão foragidas.

De acordo com o delegado de Polícia Civil Rodrigo Duarte o processo contra o policial civil segue em segredo de Justiça.

Através da operação, segundo Duarte, foi possível constatar que cerca de 10 mulheres de outros municípios de Rondônia e também dos estados de Mato Grosso, Amazonas e principalmente do Acre, se prostituiem na região. "As mulheres com quem conversamos foram aliciadas, mas já sabiam que era para fins de prostituição", ressalta.

No entanto, o delegado explica que a prostituição pode ser indício da existência de outros crimes. "Onde há prostituição pode haver narcotráfico, contravenção penal e lavagem de dinheiro. Por isso estamos investigando para descobrir quem são as pessoas que trazem estas mulheres para cá, ou seja, quem são as pessoas que alimentam esta rede de prostituição", enfatiza.

Operação
De acordo com a delegada titular da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (Deam), Juliana Tavares, a operação, que tem quatro fases, conta com 80 policiais civis, dez delegados e está sendo organizada há cerca de dois meses. Treze estabelecimentos, entre bares e boates foram inspecionados. "Monitoramos os pontos onde havia indícios de prostituição e crimes sexuais e deflagramos a primeira fase desta operação, que é a fiscalização", explica.

Juliana expõe que a segunda fase da operação é o cumprimento de mandados de prisão, que começou na manhã desta quinta-feira. A terceira fase, conforme a delegada, já está em andamento e consiste em intensificar a apuração de 130 inquéritos policiais.  "Pretendemos concluir os inquéritos em 10 dias para encaminhar as denúncias ao Ministério Público", ressalta.

Das 19 pessoas presas, cinco pessoas foram encaminhadas para a Casa de Detenção de Ariquemes, inclusive o policial civil, e as outras foram liberadas. Os nomes dos presos não foram revelados para não atrapalhar as investigações. Segundo o delegado, mais prisões podem ser realizadas no decorrer da operação.
 

Tópicos:
Compartilhe está noticia:       
 
 
Enviar comentário

(A quantidade máxima é de 400 caracteres para seu comentário) Restam 400 caracteres

Ao enviar seu comentário você aceita o termo de conduta dos comentários.

 

Eventos

Expoari: Guilherme e Santiago - Foto: Leandro Kazuo

Expoari: Guilherme e Santiago

Guilherme e Santiago
 

Últimas notícias

Enquete

Na sua opinião, como está a Administração de Confúcio Moura em Rondônia?

 

Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias
E-mail: recadao@ariquemesnoticias.com.br - contato@ariquemesnoticias.com.br voltar ao topo

 

© Copyright 2009 | 2017 - DC Comunicações Digital Política de privacidade Fale conosco  |   Anuncie conosco  |