Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes, Rondônia - 26 de Julho de 2017

Siga!

Nosso RSS

Policiais Civis estão em greve

Em Ariquemes só está funcionando o serviço de registro de ocorrência em flagrante delito

SINSEPOL, Ariquemes 190, 19/11/2012 13h57

 (Foto: Ariquemes 190)
Foto: Ariquemes 190

O chefe da Casa Civil, Marcos Antonio, afirmou que o Governador Confúcio Moura, havia determinado que fosse resolvida a situação dos servidores da Polícia Civil e recebeu o Plano de Carreiras, Cargos e Subsídios das mãos do Secretário da SESDEC, Marcelo Bessa e disse que a partir daquela data todas as providências seriam tomadas, a fim de evitar uma paralisação, como verificação de legalidade e impacto financeiro.

Quanto ao Projeto de Lei, acerca das promoções, Marcos Antonio disse que entrará em vigor no contracheque de abril/2013 o nome dos promovidos, mas isso gerou controvérsia, quando o Chefe da Casa Civil afirmou que não daria uma data para encaminhamento do projeto a Assembleia Legislativa, limitando-se em dizer que irá despachar com o governador ainda na semana passada, acerca do tema. Os sindicatos foram contra esse posicionamento, respeitando a individualidade do atual chefe da Casa Civil, entretanto, deixaram claro que ali estavam tratando com o Governo do Estado, independente de quem esteja na pasta como secretário chefe da Casa Civil. Esse mesmo Governo já vinha negociando com a categoria desde o mês de junho, mas até hoje o Projeto de Lei referente às promoções dos Policiais Civis ainda não tinha sido encaminhado a Assembleia Legislativa.

Outro assunto tratado na reunião foi sobre o Precatório. O advogado Hélio Vieira, explicou o tema ao Secretário da Casa Civil, dizendo que haverá uma reunião no Tribunal de Justiça para discutir a finalização do Projeto de Lei. Nesse ponto Marcos Antonio discorreu, afirmando que o Governo tem muito interesse em finalizar e resolver a situação dos precatórios.

Greve

Após a reunião realizada ainda na semana passada, os sindicalistas, o comando de greve e o advogado Hélio Vieira, levaram todas as informações a categoria que estava concentrada na Praça Getulio Vargas, localizada em frente ao Palácio do Governo e toda categoria foi incisiva em decidir pelo inicio da greve que já havia sido deliberada em assembleia geral da categoria, realizada na última quinta-feira (15/11), e tinha sido suspensa em acordo com o Governo para que este cumprisse as reivindicações.

Os sindicatos realizaram as notificações ainda no dia 15 e após 72 horas, a greve foi iniciada. O Comando de Greve organizou uma cartilha de orientação aos servidores, visando orientar seus atos durante o movimento.

Em Ariquemes só está funcionando o serviço de registro de ocorrência em flagrante delito.  Os Departamentos de Investigaçã, Confecção e entrega de Carteira de Identidade estão parados. No Instituto Médico Legal (IML), só funciona o Exame Cadavérico e Exame Tanatoscópico em caso de morte violenta. A Perícia Técnica trabalha do mesmo jeito.

Os grevistas aguardam o desenrolar das negociações em Porto Velho, sendo que a greve pode terminar ainda hoje.

Compartilhe está noticia:       
 
 
Enviar comentário

(A quantidade máxima é de 400 caracteres para seu comentário) Restam 400 caracteres

Ao enviar seu comentário você aceita o termo de conduta dos comentários.

 

Eventos

Expoari: Guilherme e Santiago - Foto: Leandro Kazuo

Expoari: Guilherme e Santiago

Guilherme e Santiago
 

Últimas notícias

Enquete

Na sua opinião, como está a Administração de Confúcio Moura em Rondônia?

 

Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias
E-mail: recadao@ariquemesnoticias.com.br - contato@ariquemesnoticias.com.br voltar ao topo

 

© Copyright 2009 | 2017 - DC Comunicações Digital Política de privacidade Fale conosco  |   Anuncie conosco  |