Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes, Rondônia - 24 de Julho de 2017

Siga!

Nosso RSS

Deputados denunciados já falam em renúncia coletiva

TJ ainda não se manifestou sobre o retorno dos deputados na Mesa Diretora

Tudo Rondônia, 15/02/2012 22h57

O deputado foragido Valter Araújo e o deputado Saulo Moreira (Foto: Foco em notícia)
O deputado foragido Valter Araújo e o deputado Saulo Moreira - Foto: Foco em notícia

Porto Velho - Acusados pela Polícia Federal de receberem dinheiro em troca de apoio ao presidente afastado da Assembleia Legislativa, deputado Valter Araújo (PTB), os deputados Saulo Moreira (PDT), Epifánia Barbosa (PT), e Ana da 8 (PTdoB) estariam dispostos a renunciar os cargos que ocupam na Mesa Diretora. O único que ainda reluta em permanecer no cargo de secretário é o deputado Jean Oliveira (PSDB).

Por decisão do Tribunal de Justiça, através do desembargador Salsão Saldanha, não podem atuar na Mesa Diretora os deputados Jean (1º Secretário), Epifânia (2º Secretário), Ana da 8 (3º Secretário) e Saulo (4º Secretário). Eles buscam na Justiça derrubar a decisão. Hoje os atos do Poder Legislativo estão sendo assinados pelo presidente em exercício Hermínio Coelho (PSD) e deputado Maurão de Carvalho (PP-2º vice-presidente).

De acordo com escutas ambientais em poder da Polícia Federal e Ministério Público Estadual, Epifánia recebeu de Valter Araújo a importância de R$ 60 mil. De acordo com a denúncia do MP, em 21 de julho de 2011, Rafael Santos Costa, ex-assessor de Valter, entregou uma caixa de papelão recheada de dinheiro ao deputado Saulo Moreira, no estacionamento de um supermercado de Porto Velho.

Ana da 8 enviou mensagens por telefone a Valter, para cobrar o "compromisso" com o "dindin". Segundo as investigações, a parlamentar passou o número de sua conta bancária e depois agradeceu o pagamento. Em depoimento à PF, o ex-assessor de Valter confessou que entregou a Jean Oliveira a importância de R$ 40 mil, em duas oportunidades, uma vez nas proximidades da Assembleia e outra entregue à mãe do parlamentar.

Além de estarem impedidos de atuarem na Mesa Diretora, eles estão com os bens bloqueados pela Justiça.

Na reabertura dos trabalhos legislativos na tarde desta quarta-feira, os partidos devem indicar os parlamentares que irão fazer parte da Comissão Processante que servirá para apurar as denúncias contra todos os envolvidos.

*Com informações Tudo Rondônia

Tópicos:
Compartilhe está noticia:       
 
 
Enviar comentário

(A quantidade máxima é de 400 caracteres para seu comentário) Restam 400 caracteres

Ao enviar seu comentário você aceita o termo de conduta dos comentários.

 

Eventos

Expoari: Guilherme e Santiago - Foto: Leandro Kazuo

Expoari: Guilherme e Santiago

Guilherme e Santiago
 

Últimas notícias

Enquete

Na sua opinião, como está a Administração de Confúcio Moura em Rondônia?

 

Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias
E-mail: recadao@ariquemesnoticias.com.br - contato@ariquemesnoticias.com.br voltar ao topo

 

© Copyright 2009 | 2017 - DC Comunicações Digital Política de privacidade Fale conosco  |   Anuncie conosco  |