Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes, Rondônia - 27 de Julho de 2017

Siga!

Nosso RSS

Governo tem até dia 9 para evitar greve geral na educação

RO Manchete, 01/02/2012 18h00

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução

Só uma resposta concreta do governador Confúcio Moura às reivindicações dos trabalhadores em educação poderá evitar uma greve geral no ensino público estadual.

Com base no resultado das assembleias extraordinárias simultâneas realizadas em todas as Regionais na manhã desta segunda-feira, dia 30/01, a direção do Sintero enviará ao secretário de Estado da Educação e ao gabinete do governador ofícios contendo o encaminhamento aprovado pelos trabalhadores em educação estaduais.

A categoria não concorda com a resposta recebida do secretário de Estado da Educação e decidiu que se até o dia 09/02 não houver uma resposta do governador, as atividades serão paralisadas.

Na maioria das regionais ficou claro que os trabalhadores em educação não vão aceitar reposição salarial de apenas 6% e cobram, principalmente, a melhoria da proposta de reajuste salarial, além de uma proposta efetiva de calendário de pagamento da licença prêmio em pecúnia, e um posicionamento claro sobre a reformulação do Plano de Carreira.

Sobre o reajuste, o motivo do descontentamento é a defasagem salarial de professores e técnicos. O salário dos professores de Licenciatura Plena está cada vez mais próximo do piso do magistério, e com o aumento do salário mínimo para R$ 622, a maioria dos técnicos administrativos terão vencimento abaixo desse valor.

Com relação à licença prêmio, o descontentamento é geral, pois o governo negou a concessão da licença e criou uma expectativa de pagamento, mas no final do ano pagou o benefício a uma minoria, causando revolta na maioria que não recebeu.

Já sobre o Plano de Carreira, quase um ano se passou e o governo não tem posição clara com vistas à reformulação da lei objetivando corrigir distorções. No final de 2011 acabou nomeando uma comissão que ainda vai se reunir em fevereiro.

Todos esses assuntos e os demais itens da pauta de reivindicações 2012 foram discutidos nas assembleias. Veja o que decidiu cada Regional:

Regional Norte – A maioria dos trabalhadores presentes na assembleia aprovou a concessão de prazo até a próxima quarta-feira, dia 08/02 para uma negociação diretamente com o governador Confúcio Moura. Ao final desse prazo será realizada uma nova assembleia e caso não haja uma resposta concreta, a categoria poderá entrar em greve por tempo indeterminado.

Regional Mamoré – A assembleia aprovou que os trabalhadores em educação de Guajará-Mirim e Nova Mamoré acompanharão a decisão das demais Regionais.

Regional Estanho – A categoria decidiu em assembleia encaminhar a resposta do secretário às escolas para uma análise e discussão. Será realizada uma nova assembleia na próxima semana para avaliar a situação.

Regional Centro I – A categoria decidiu iniciar o ano letivo dia 01/02 em estado de mobilização pois concorda com a concessão de um prazo para negociação com o governador e poderá deliberar por greve em uma nova assembleia.

Regional Rio Machado – Os trabalhadores em educação aprovaram a concessão de um prazo para negociação com o governador e estão dispostos a entrar em greve caso não haja uma resposta às reivindicações, destacando o item do ticket alimentação.

Regional Guaporé – A categoria aprovou a concessão de prazo para obter uma resposta do governador e o início de greve caso não haja resposta.

Regional Mata – A categoria decidiu pela realização de uma nova assembleia na quarta-feira, dia 01/02.

Regional Café – A assembleia aprovou a realização de mobilização da categoria para uma nova assembleia dia 01/02 para acompanhar a decisão das demais Regionais.

Regional Apidiá – A assembleia aprovou a concessão de prazo para negociação e o início da greve caso não haja uma resposta do governador.

Regional Cone Sul - ficou decidido que será realizada nova Assembleia no dia 03/02/2012 às 09 hoas, no Auditório da Prefeitura, bem como será confeccionada uma carta de repúdio à resposta dada pela Seduc aos servidores sobre a pauta de reivindicações. A carta será distribuída no dia 01/02/2012 na abertura do ano letivo.

Diante do resultado das assembleias nas Regionais, a direção do Sintero decidiu mobilizar a categoria em todo o Estado e convocar os trabalhadores para novas assembleias de avaliação das negociações e de uma possível resposta do governador às reivindicações. Na oportunidade a categoria poderá decidir entrar em greve por tempo indeterminado.

Tópicos:
Compartilhe está noticia:       
 
 
Enviar comentário

(A quantidade máxima é de 400 caracteres para seu comentário) Restam 400 caracteres

Ao enviar seu comentário você aceita o termo de conduta dos comentários.

 

Eventos

Expoari: Guilherme e Santiago - Foto: Leandro Kazuo

Expoari: Guilherme e Santiago

Guilherme e Santiago
 

Últimas notícias

Enquete

Na sua opinião, como está a Administração de Confúcio Moura em Rondônia?

 

Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias
E-mail: recadao@ariquemesnoticias.com.br - contato@ariquemesnoticias.com.br voltar ao topo

 

© Copyright 2009 | 2017 - DC Comunicações Digital Política de privacidade Fale conosco  |   Anuncie conosco  |