Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes, Rondônia - 25 de Novembro de 2017

Siga!

Nosso RSS

Bancada de Ariquemes se reúne com Ministério

Encontro teve o objetivo de tratar a ampliação da rede de energia elétrica em Ariquemes

Assessoria, 21/10/2011 18h34

Vereadores com o secretário geral e o diretor de Minas e Energia e a deputada Marinha Raup (Foto: Lindomar Gomes/CâmaraFederal) Ampliar imagem: Vereadores com o secretário geral e o diretor de Minas e Energia e a deputada Marinha Raup (Foto: Lindomar Gomes/CâmaraFederal)
Vereadores com o secretário geral e o diretor de Minas e Energia e a deputada Marinha Raup - Foto: Lindomar Gomes/CâmaraFederal

A Bancada de Ariquemes, representada pelos vereadores: Valmir Francisco dos Santos (Val/PT presidente da Câmara Municipal); Tibério Rocha (PSD), vice-presidente; Alex Redano (PRTB), 1º secretário da Mesa Diretora; Clovis José (PMDB); Enoque Nunes (PMDB); Vanilton Cruz (PSD); João Leite (PP); Adair Moulaz (PSDB); e Rosa Pereira (PSL); se reuniu esta semana em Brasília com o secretário geral do Ministério de Minas e Energia Ildo Wilson Grudtner e o diretor da pasta, Paulo Gonçalves Cerqueira.O encontro que aconteceu na sede do Ministério foi intermediado pela coordenadora da Bancada Federal de Rondônia, deputada Marinha Raupp (PMDB), e teve o objetivo de tratar a ampliação da rede de energia elétrica em Ariquemes e a consolidação do Programa Luz para Todos na área rural do município.

Na oportunidade, o vereador Tibério Rocha destacou que em torno de 12 mil famílias da área rural do Vale do Jamari ainda não foram beneficiadas pelo Luz para Todos. Adair Moulaz aproveitou para pedir a implantação da rede elétrica no trecho que interliga o Distrito de Joelândia a BR 364. Neste sentido, o vereador Vanilton Cruz complementou que a rede bifásica que ainda funciona na localidade, não mais atende a demanda que, segundo ele, tem crescido significativamente.

O presidente da Câmara, vereador Val, acrescentou que os assentamentos: Raio de Sol e Canaã também necessitam do atendimento em relação à energia. “A deficiência nos assentamentos é de fato, grande”, acrescentou Rosa Pereira.

Já Clovis José pediu melhorias na subestação de Ariquemes, pois conforme ele, as quedas de energia ainda são frequentes em várias áreas urbanas de Ariquemes. “Somado a isso tem o atendimento, que é péssimo”, acrescentou.

Precisamos urgentemente de uma nova subestação para o município, que cresceu muito rápido, mas a rede de energia continua a mesma implantada há anos" - Alex Redano

João Leite também pediu a atenção especial do secretário no sentido de ampliar a rede de energia na cidade. “Precisamos urgentemente de uma nova subestação para o município, que cresceu muito rápido, mas a rede de energia continua a mesma implantada há anos”, reforçou Enoque Nunes. “A preocupação com as deficiências na rede de energia tem sido umas das principais reclamações que temos recebido da população. Portanto, acreditamos que este pleito é justo”, completou Alex Redano.

Levantamento

Depois de ouvir as explanações dos vereadores, o secretário do Ministério garantiu que vai pedir um levantamento sobre os problemas de energia no município. Com relação à iluminação pública, explicou que a responsabilidade é do município, e em relação à área urbana, da distribuidora, no caso a Ceron, que é uma empresa do grupo Eletrobrás. “A responsabilidade de fazer o suprimento é deles. A Anel (Agência Nacional de energia Elétrica) fiscaliza e pode até multá-los caso não estejam atendendo as necessidades”, disse.

Sobre o Luz para Todos, Ildo Grudtner esclareceu que a Região Norte é uma das mais difíceis de ser trabalhada devido as distâncias, que conforme ele, são bem maiores que as demais. “Por isso estendemos a implantação do programa para ser feita até 2014 e acreditamos que até lá, a luz chegara para todas as famílias de agricultores rondonienses”, assegurou, esclarecendo ainda que só podem ser beneficiados com o programa, os assentamentos que tiver casas construídas. “De toda forma, se o cidadão ligar para a distribuidora e for mal atendido ou ela não atendê-lo, ele pode ligar diretamente na Anel no número 167”, resumiu se comprometendo em levar toda a situação do município ao conhecimento do presidente da Eletrobrás.

Custo

Outro assunto levantado na reunião com o secretário geral do Ministério de Minas e Energia pelos vereadores: Val e João Leite, foi sobre o custo alto em um estado que produz energia. “A energia hidráulica é a mais barata, e a térmica gera um custo maior por causa do gasto com o combustível aliado ao custo com a transmissão e a distribuição. Mesmo assim, Rondônia ainda está entre os estados que ainda tem o menor preço e pode diminuir ainda mais se diminuir as perdas (gatos ou rabichos)”, disse Ildo Grudtner. “Então vamos fazer uma campanha educativa e conscientizar a população a denunciar as perdas”, sugeriu a deputada Marinha Raupp. “Assim como viemos buscar a universalização da energia, vamos fazer de Ariquemes um projeto piloto”, acrescentaram o secretário e o diretor de Minas e Energia.

Tópicos:
Compartilhe está noticia:       
 
 
Enviar comentário

(A quantidade máxima é de 400 caracteres para seu comentário) Restam 400 caracteres

Ao enviar seu comentário você aceita o termo de conduta dos comentários.

 

Eventos

Expoari: Guilherme e Santiago - Foto: Leandro Kazuo

Expoari: Guilherme e Santiago

Guilherme e Santiago
 

Últimas notícias

Enquete

Na sua opinião, como está a Administração de Confúcio Moura em Rondônia?

 

Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias
E-mail: recadao@ariquemesnoticias.com.br - contato@ariquemesnoticias.com.br voltar ao topo

 

© Copyright 2009 | 2017 - DC Comunicações Digital Política de privacidade Fale conosco  |   Anuncie conosco  |