Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes, Rondônia - 22 de Setembro de 2017

Siga!

Nosso RSS

Viagens não concluídas por imprudência em Ariquemes

Imprudência e o desrespeito à sinalização também agravam o problema nas rodovias

RO Manchete, 26/08/2011 11h12

Congestionamento provocado por acidente (Foto: RO Manchete)
Congestionamento provocado por acidente - Foto: RO Manchete

A pressa para chegar ao destino é apontada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) como um dos fatores que ajudam a elevar o índice de acidentes nas rodovias federais de Rondônia. A imprudência e o desrespeito à sinalização também agravam o problema, que na manhã de ontem contabilizou mais duas vítimas. Mario Lucio da Silva e Luciano Perez são os motoristas de um ônibus e um caminhão tanque, respectivamente, que colidiram frontalmente a 150 km de Porto Velho no município de Ariquemes.

Mario Lúcio veio de longe, saiu de Brasília e desembarcou de um avião em Porto Velho. Ele e outros dois colegas de trabalho levariam três ônibus até a capital federal do país. Já a viagem de Luciano era mais curta, tinha como destino uma distribuidora de combustível, em Porto Velho, onde deixaria uma carga de álcool, para depois voltar para a cidade de Vilhena.

Caminhão em chamas após acidente na BR (Foto: RO Manchete)
Caminhão em chamas após acidente na BR (Foto: RO Manchete)

Os destinos dos dois motoristas eram diferentes, mas a fatalidade da colisão impediu que a viagem deles fosse concluída. “Eu vinha atrás e só vi o fogo, não deu para saber ao certo como o acidente aconteceu”, declarou Carlos Henrique, que dirigia um dos ônibus que seguia para Brasília.

Com a colisão, a dianteira do ônibus foi dilacerada, o que provocou o vazamento da carga do caminhão tanque. Apenas o veículo dirigido por Luciano pegou fogo e ele teve o corpo carbonizado. Três horas depois do acidente, o veículo ainda estava em chamas.

A colisão dos veículos aconteceu em uma reta, bem sinalizada e com o asfalto em boas condições de tráfego. “Alguém cometeu um erro feio e o resultado são dois companheiros mortos”, avalia o também motorista de caminhão Laércio Dias, que tem 16 anos de experiência, nunca se envolveu em acidente, mas já presenciou várias tragédias ao longo das rodovias brasileiras.

Mortes na rodovia superam 2010

Enquanto esperavam a liberação da pista, interditada por quase quatro horas, motoristas externavam a preocupação de rodar pela BR-364, considerada por eles como uma das mais perigosas do país.

Edilsérgio Mendes, 34, motorista desde os 23 anos, comparou a principal rodovia de Rondônia com a BR-101, que passa por quase todo o litoral brasileiro, e as rodovias do estado de Minas Gerais. “O principal problema são os motoristas que andam por aí feito loucos”, argumenta. “Também falta acostamento e tem alguns trechos de asfalto ruim, mas a imprudência é coisa de louco”, acrescenta o motorista paulista.

Outro que reforça o discurso de que a BR-364 está cada dia mais violenta é o caminhoneiro Carlos Dias, 45 anos. Ele mora em Cacoal e realiza viagens dentro e fora do Estado. “Aqui em Rondônia parece que os motoristas não se respeitam (a sinalização), vivem com pressa e é aí que surgem os acidentes”, conta.

Dados

A impressão de que a BR-364 está mais violenta pode ser comprovada através de dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Sobre o número de mortos na rodovia foram registrados 102, contra 75 no mesmo período do ano passado. “A imprudência é uma das marcas da maioria dos acidentes”, alerta o cabo do Corpo de Bombeiros, Bruno Bordalo. Mas não é apenas o número de vítimas fatais que cresceu este ano. A quantidade de acidentes também é maior: 2689, contra 2243 em 2010. “Os motoristas devem se conscientizar de que fica mais perigoso viajar pela BR-364 quando não se respeita a sinalização e se excede o limite de velocidade. É melhor demorar um pouco mais, mas chegar vivo em casa”, revela Bordalo. 

Tópicos:
Compartilhe está noticia:       
 
 
Enviar comentário

(A quantidade máxima é de 400 caracteres para seu comentário) Restam 400 caracteres

Ao enviar seu comentário você aceita o termo de conduta dos comentários.

 

Eventos

Expoari: Guilherme e Santiago - Foto: Leandro Kazuo

Expoari: Guilherme e Santiago

Guilherme e Santiago
 

Últimas notícias

Enquete

Na sua opinião, como está a Administração de Confúcio Moura em Rondônia?

 

Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias
E-mail: recadao@ariquemesnoticias.com.br - contato@ariquemesnoticias.com.br voltar ao topo

 

© Copyright 2009 | 2017 - DC Comunicações Digital Política de privacidade Fale conosco  |   Anuncie conosco  |