Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes, Rondônia - 24 de Novembro de 2017

Siga!

Nosso RSS

Veículos estragam a espera de decisão judicial

Veículos apreendidos estão expostos à chuva e ao sol

RO Manchete, Luiz Martins, 27/04/2011 00h11

Veículos expostos à chuva e ao sol (Foto: RO Manchete)
Veículos expostos à chuva e ao sol - Foto: RO Manchete

A ação do tempo se encarregou de destruir boa parte dos veículos que estão apreendidos nos pátios das delegacias de Rondônia. São automóveis e motocicletas que aguardam a tramitação de processos judiciais para serem devolvidos aos seus legítimos donos.

Em alguns casos, os veículos são utilizados como provas periciais e podem ajudar a esclarecer crimes. É o caso de uma caminhonete Hillux SW4, utilizada para a fuga dos criminosos que roubaram o Banco da Amazônia de Ariquemes. O veículo guarda as marcas de disparos de arma de fogo e podem ajudar a incriminar ou inocentar dois homens, que segundo a polícia estão envolvidos no assalto. “A caminhonete é peça chave para desvendarmos o crime”, enfatizou o delegado Rodrigo Duarte, na época do assalto.

No pátio da delegacia de Ariquemes também estão expostos à chuva e ao sol veículos com o chassi adulterado ou apreendidos com traficantes, adquiridos com dinheiro do crime.

O presidente da Associação dos Policiais Civis de Ariquemes, Denildo Sena, explica que os veículos acabam estragando a espera do resultado final das ações judiciais. “Há um controle de todos esses veículos e eles estão sob a tutela da Polícia Civil e a destinação deles só pode ser feita mediante decisão da Justiça”, explica.

O mesmo problema se repete nos pátios das Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretran), onde não há locais específicos para o depósito dos veículos apreendidos com infrações ou crimes de trânsito.

Leilão

Um acordo entre o Judiciário, Ministério Público e Polícia Civil possibilitará o leilão de mais de 250 motocicletas e diversos automóveis que estão no pátio da delegacia de Ariquemes. Um edital foi publicado convocando os donos a sanarem os problemas administrativos dos veículos e fazerem a retirada deles. “Quem não comparecer em 30 dias para reaver o seu veículo perderá o direito sobre ele”, avisa Denildo.

Para ser resgatado, o veículo não pode ter restrições administrativas, como multas ou imposto atrasado, e nem constar em inquéritos ou ações judiciais em tramitação. Mesmo com esses entraves, mais de 300 veículos devem ser leiloados. Um dos problemas é o estado de conservação dos veículos. Muitos automóveis e motocicletas só vão sair do pátio da delegacia rebocados e direto para ferros-velhos, pois o edital prevê que eles deverão ser vendidos como sucata e não vão receber documentos para circular na cidade.

*Com informações do RO Manchete

Tópicos:
Compartilhe está noticia:     
 
 
Enviar comentário

(A quantidade máxima é de 400 caracteres para seu comentário) Restam 400 caracteres

Ao enviar seu comentário você aceita o termo de conduta dos comentários.

 

Eventos

Expoari: Guilherme e Santiago - Foto: Leandro Kazuo

Expoari: Guilherme e Santiago

Guilherme e Santiago
 

Últimas notícias

Enquete

Na sua opinião, como está a Administração de Confúcio Moura em Rondônia?

 

Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias
E-mail: recadao@ariquemesnoticias.com.br - contato@ariquemesnoticias.com.br voltar ao topo

 

© Copyright 2009 | 2017 - DC Comunicações Digital Política de privacidade Fale conosco  |   Anuncie conosco  |