Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes, Rondônia - 21 de Setembro de 2017

Siga!

Nosso RSS

Usuários consomem drogas livremente em praça pública de Ariquemes

Usuários de drogas ocupam uma das mais antigas praças de Ariquemes, transformand...

RO Manchete, 18/10/2010 08h51 - 18/10/2010 08h51

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução
Usuários de drogas ocupam uma das mais antigas praças de Ariquemes, transformando o local em um território proibido aos demais cidadãos. O consumo de entorpecentes pode ser visto ainda de dia, mas é a noite que cenas de violência e a prática de crimes podem ser vistas com mais freqüência.

Na semana passada, um homem foi assassinado a menos de 100 metros da praça. A polícia suspeita que o crime tenha ligação com o tráfico de drogas. Outra ocorrência que precisou de intervenção policial foi a tentativa de assassinato de um morador de rua, que costuma freqüentar a praça para consumir droga.

Por causa dos crimes, a polícia esteve no local para tentar identificar o autor dos crimes. No caso da tentativa de homicídio, um dos acusados foi levado para a Delegacia de Polícia – os demais suspeitos foram liberados.

Para o cabo da PM, Erivanilson Dantas, os viciados são responsáveis por parcela dos crimes de furtos que são praticados na cidade. “Para sustentar o vício eles fazem de tudo. Eles precisam da droga e saem para furtar e pegam o que puderem para utilizarem como moeda de troca para conseguir droga”, explica.

Depois da ação policial, pessoas voltaram a circular na praça, mas não demorou muito para que os usuários de drogas voltassem a ocupar a sombra das árvores, aterrorizando a população que precisa passar pelo local.

Descaso do poder público

A praça está cercada de órgãos públicos, em uma área nobre de Ariquemes. De um lado está o Terminal Rodoviário, enquanto que do outro fica a Câmara de Vereadores, o Hospital Regional e o Hemocentro. A menos de 200 metros, em uma das ruas de acesso ao local de consumo de drogas, está localizada a Delegacia Regional de Polícia Civil – viaturas são vistas com freqüência na localidade, sem atrapalhar o consumo deliberado de drogas.

Quem precisa passar próximo ao local sabe do risco que corre. A dona-de-casa Maria Augusta conta que na semana passada foi cercada por um grupo de viciados, que tentaram lhe roubar a bicicleta. “Só não aconteceu o pior porque os mototaxistas chegaram e expulsaram os drogados. Eles são violentos não sei o que teria acontecido”, argumenta.

Muitos viciados não querem recuperação

Um dos problemas para se combater o aumento no número de número viciados em entorpecentes é a legislação brasileira, que prevê punições severas aos traficantes, porém trata o dependente químico como o portador de uma doença.

O coordenador do Centro Terapêutico Missão Kadosh, Jurandir Rocha, explica que muitos dos usuários de drogas não querem ser submetidos ao tratamento adequado. “Muitos escolhem o caminho das drogas”, explica. “As vezes ficam um, dois ou três dias, mas depois querem ir embora. No nosso caso, a gente só cuida daqueles que querem se libertar do vício das drogas”, resume.

Jurandir ainda acrescenta que o tratamento para desintoxicação aliado a aconselhamentos espirituais podem surtir efeitos positivos na recuperação de dependentes químicos. “Ao mesmo tempo em que existem pessoas que desistem do tratamento, tem gente que leva isso a sério e hoje está de volta ao convívio com a sociedade”, conta o coordenador do centro terapêutico.

Vergonha

Para pessoas que moram próximas ou precisam passar pelo local, o sentimento provocado é o de vergonha, pelo descaso das autoridades públicas com o assunto. É o caso do autônomo Admilson Ferreira. “A gente sabe que poderia ser feita alguma coisa para resolver o problema, mas esse é um problema que ninguém quer ver”, finaliza.
Tópicos:
Compartilhe está noticia:     
 
 
Enviar comentário

(A quantidade máxima é de 400 caracteres para seu comentário) Restam 400 caracteres

Ao enviar seu comentário você aceita o termo de conduta dos comentários.

 

Eventos

Expoari: Guilherme e Santiago - Foto: Leandro Kazuo

Expoari: Guilherme e Santiago

Guilherme e Santiago
 

Últimas notícias

Enquete

Na sua opinião, como está a Administração de Confúcio Moura em Rondônia?

 

Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias Ariquemes Notícias - Seu portal de notícias
E-mail: recadao@ariquemesnoticias.com.br - contato@ariquemesnoticias.com.br voltar ao topo

 

© Copyright 2009 | 2017 - DC Comunicações Digital Política de privacidade Fale conosco  |   Anuncie conosco  |